Publicidade

Certos livros de ficção apresentam mundos distópicos tão “possivelmente reais” que a gente acaba ficando com algumas sensações incômodas após a leitura. Porém, esse é o grande charme desse tipo de obra, ou seja, os futuros possíveis devem ser “desagradáveis” para os leitores se sentirem compelidos a evitar que eles se realizem.

Além do mais, não podemos negar que muitas das histórias que apostam em planos de fundo distópicos são incríveis sob outras perspectivas. Não à toa, há alguns livros desse tipo que foram lançados há muitos anos e continuam atraindo a atenção de milhões de pessoas.

Sabendo disso, resolvi montar esta lista para lhe apresentar 15 livros de ficção com mundos distópicos bem plausíveis. Assim, você poderá conhecer histórias que acabam promovendo algumas reflexões incríveis sobre a vida humana. Em outras palavras, este post é imperdível para qualquer leitor de respeito… vamos dar uma olhada?

Observação: esta lista foi criada para lhe apresentar livros de ficção de alta qualidade. Como irá notar, as minhas sugestões contam com links que apontam para a Amazon. E como as compras feitas por meio desses links geram uma pequena comissão para o Geek Ninja, essa é uma ótima forma de você expandir a sua biblioteca e ainda ajudar o projeto. Agradecemos o apoio!

Nós (1924)

Dando início a esta seleção com livros de ficção que apresentam mundos distópicos incríveis, temos o lendário Nós, que foi escrito por Evgeni Zamiátin e é citado por muitos como a obra que influenciou todas as histórias distópicas, ou seja, temos aqui o precursor de um gênero.

Em suma, a história gira ao redor do personagem D-503 (no mundo do livro, os nomes deram lugar aos números), que se encontra com uma mulher que o “contagia com a doença da imaginação”. E como ele é um dos muitos indivíduos que estão sob as ordens do chamado Estado Único, essa situação gera muitos problemas para ele. Ótima opção para começar a desbravar mundos distópicos.

Laranja Mecânica (1962)

Apesar de não apresentar muitos detalhes explícitos sobre o mundo em que a história se passa, Laranja Mecânica apresenta um “futuro” no qual os jovens são extremamente violentos e as pessoas “de bem” ficam indefesas. E só para constar, a história é contada com gírias criadas pelo escritor Anthony Burgess, o que acaba deixando a leitura um pouco complicada.

De todo modo, é justamente a forma como a história é contada que faz o livro ser tão incrível. Tudo é apresentado sob o ponto de vista do jovem Alex, que comete atos de violência “por esporte”, até passar por uma terapia de condicionamento social. Lembrando que essa obra entrou para a lista de livros que viraram filmes em 1971 e acabou ficando ainda mais conhecida.

Lista com livros de ficção (imagem do livro Laranja Mecânica).

O Conto da Aia (1985)

Por conta de uma série de TV, o clássico O Conto da Aia acabou ficando ainda mais popular nos últimos anos, mas a verdade é que essa obra da escritora Margaret Atwood sempre mereceu uma atenção especial. Afinal, temos aqui um exemplo típico de como os mundos distópicos são totalmente possíveis.

Ao longo da história, acompanhamos alguns momentos da vida de uma Aia, ou seja, uma mulher que foi designada pelo governo para gerar os filhos de alguns “figurões”. Essa personagem “sem nome” apresenta alguns detalhes do mundo em que vive e deixa claro que a opressão às mulheres é um dos aspectos fundamentais do governo de Gilead. Imperdível.

Neuromancer (1984)

Citado por muitos com uma das principais fontes de inspiração do estilo Cyberpunk, Neuromancer não poderia ficar de fora desta seleção com livros de ficção. Nessa história escrita por William Gibson, acompanhamos um caubói do ciberespaço (um hacker), que é contratado para realizar uma “missão impossível”.

Vale destacar que essa obra foi publicada pela primeira vez em 1984, mas aborda alguns temas que estão em pauta atualmente, como a evolução tecnológica, as inteligências artificiais, etc. Portanto, temos aqui um livro que merece o selo de “obrigatória”.

Lista com livros de ficção (imagem do livro Neuromancer).

Snow Crash (1992)

Ainda falando sobre obras focadas em hackers, Snow Crash é outra leitura muito indicada para aqueles que curtem histórias antigas, mas que abordam temas atuais. Detalhe: no livro, a ideia de Metaverso é explorada de uma forma bem interessante, o que até nos ajuda a entender esse conceito que ganhou força nos últimos anos.

No que diz respeito à trama, essa obra criada por Neal Stephenson, nos dá a oportunidade de acompanhar a luta do hacker Hiro contra um vírus que tem potencial para afetar todo o mundo, seja nos ambientes virtuais ou no “mundo físico”. Certamente, esse é um livro que vai mexer com as suas ideias.

Eu, Robô (1950)

Sendo uma lenda entre os criadores de livros de ficção científica, Isaac Asimov é um escritor que não poderia ficar de fora de uma lista como esta. E para representá-lo, resolvi selecionar o livro Eu, Robô, que até serviu como base para um filme homônimo protagonizado pelo ator Will Smith (mas a história dessa produção é bem diferente).

É sempre bom lembrar que essa obra acabou tendo um impacto muito grande na forma como a nossa ciência considera os robôs, já que a história apresenta as três leis definitivas da robótica e mostram o que pode acontecer quando os seres humanos decidem ultrapassar certos limites. Sem dúvidas, essa é uma leitura que merece uma atenção especial.

Lista com livros de ficção (imagem do livro Eu, Robô).

Fahrenheit 451 (1953)

Quando falamos em livros de ficção com mundos distópicos, Fahrenheit 451 sempre acaba sendo citado. E o mais interessante é que essa obra foi criada há muitas décadas (por Ray Bradbury) e revela algumas das consequências da chamada “cultura do cancelamento”.

Mesmo apresentando detalhes do seu mundo de forma implícita, o livro nos envolve com o drama vivido por Guy Montag. Esse personagem trabalha colocando fogo em livros (que foram proibidos), mas acaba tomando algumas decisões que o colocam na mira do governo. E como essa é uma obra que incita diversas reflexões, sugiro que você não deixe de adicioná-la na sua lista de “livros a ler”.

Admirável Mundo Novo (1932)

No ponto médio desta seleção, temos o lendário Admirável Mundo Novo, que é outro grande clássico das histórias distópicas. Nesse livro, Aldous Huxley apresenta um mundo em que tudo é comandado por métodos científicos e padrões pré-definidos.

Curiosamente, ainda há uma parte desse mundo que guarda os costumes do passado (que eram os costumes da época em que o livro foi escrito). Daí, o choque dos personagens com essas duas realidades distintas acaba deixando as coisas bastante envolventes. Muito bom!

Lista com livros de ficção (imagem do livro Admirável Mundo Novo).

A Seleção (2012)

Por mais que os maiores livros de ficção com mundos distópicos tenham sido lançados há muitas décadas, ainda há alguns autores que conseguiram se destacar recentemente com histórias do tipo. Nesse sentido, a obra da escritora Kiera Cass é um ótimo exemplo.

Na série que começa com o livro A Seleção, essa autora apresenta um mundo no qual a sociedade é dividida em classes que vão de um a oito. Na trama, acompanhamos uma jovem da classe 5, que acaba sendo arrastada para uma competição que irá determinar a noiva de um membro da classe 1. Obviamente, as coisas ficam bem “quentes” à medida que a história vai evoluindo.

Jogador Número 1 (2011)

Com uma pegada típica dos animes isekai, Jogador Número 1 é mais um livro relativamente recente que merece um lugar nesta lista. De modo geral, a história segue as ações de um jogador que, assim como a maior parte das pessoas da sua época, foge da realidade e passa os dias em um mundo virtual.

No entanto, quando o criador desse ambiente digital tão amado pelas pessoas morre, uma competição é iniciada, com vistas a saber quem será seu herdeiro. A partir desse ponto, as disputas ficam intensas e ficamos muito envolvidos com as ideias geradas pelo escritor Ernest Cline. Não deixe de ler!

Lista com livros de ficção (imagem do livro Jogador Número Um).

O Homem do Castelo Alto (1962)

Conhecido por ter dado ao mundo o livro que inspirou a franquia Blade Runner, Philip K. Dick também apresentou outras histórias memoráveis, como é o caso do incrível O Homem do Castelo Alto, que apresenta uma versão alternativa da realidade em que vivemos.

De forma resumida, podemos dizer que toda a história toma como base a possibilidade de a Alemanha Nazista e o Japão terem vencido a Segunda Guerra Mundial. Em outras palavras, essa obra nos dá a chance de conferir um cenário do tipo “What if…?” e eu posso adiantar uma coisa: esse cenário não é nada animador, mas o livro é incrível.

A Revolta de Atlas (1957)

Voltando a falar sobre os clássicos nesta lista com livros de ficção, temos aqui o intrigante A Revolta de Atlas. Nessa obra, Ayn Rand nos apresenta a uma sociedade na qual tudo é controlado pelo governo e os principais inovadores do mundo começam a desaparecer de forma misteriosa.

Enquanto a trama vai se desenrolando, nos deparamos com algumas situações que nos fazem questionar os dias de hoje e podemos conhecer alguns personagens memoráveis. Com toda a certeza, esse livro vai marcar a sua mente de diversas formas.

Lista com livros de ficção (imagem do livro A Revolta de Atlas).

A Estrada (2006)

Chamando a atenção para um futuro não muito distante, no qual o planeta Terra está devastado, A Estrada não chega a apresentar uma trama muito complexa, mas consegue nos manter “presos” do início ao fim, com a apresentação de uma incrível luta pela sobrevivência.

Cabe destacar que esse livro adiciona alguns elementos interessantes ao segmento das ficções, mas tem um contato muito próximo com a realidade. Assim, à medida que vamos mergulhando em suas páginas, não conseguimos afastar a ideia de que o futuro apresentado na história é bem plausível. Excelente!

Delírio (2011)

Delírio é o livro que abre uma incrível trilogia criada pela escritora Lauren Oliver. Nessa obra, temos a oportunidade de conferir uma história que se passa em um mundo no qual os seres humanos, por meio de métodos científicos, conseguiram colocar um ponto final à doença conhecida como “amor”.

Isso mesmo! Temos aqui um contexto no qual o governo controla tudo e as pessoas apenas seguem as ordens, sem ter que se preocupar com todas as consequências do ato de amar. Ainda assim, há pessoas que não conseguem controlar seus impulsos e acabam se revoltando contra o sistema. Grande livro!

Lista com livros de ficção (imagem do livro Delírio).

1984 (1949)

Colocando um ponto final nesta lista de livros de ficção com mundos distópicos, temos o incrível (e revoltante) 1984. Sou suspeito para falar sobre essa obra, pois ela me arrebatou de diversas formas, apesar de ter me deixado um tanto quanto furioso no fim de tudo (por mostrar que o sistema sempre vence).

Em síntese, o livro criado por George Orwell apresenta uma sociedade no qual o governo controla tudo e está sempre observando as pessoas. Nesse contexto, Winston Smith se apaixona e, empolgado, resolve entrar em uma luta que ele não tem a menor chance de vencer. Enfim, esse é um dos melhores livros de todos os tempos.

E não deixe de conferir outros livros de ficção com mundos distópicos

Como pôde perceber, quando o assunto é histórias que se passam em mundos distópicos, as opções são muitas. E o mais legal é que as distopias se apresentam sob as mais diversas formas e às vezes nem chegam a ser explicadas, mas conseguimos sentir seu clima opressor.

E é isso! Se você curtiu a minha seleção, peço que não deixe de compartilhar o post e de indicar outros livros de ficção com mundos distópicos. Desse modo, mais pessoas vão poder conferir a lista e mais sugestões serão dadas. Conto com o seu apoio. Até a próxima…

Compartilhar.

Como meus gostos pessoais se encaixam perfeitamente com o "perfil geek", estou sempre trazendo novas doses de conteúdo para o site.