Publicidade

Apesar de estar dividindo opiniões junto ao público e aos membros da mídia especializada, o filme Eternos tem feito grande sucesso em diversos cantos do mundo, mas também tem estado no centro de algumas situações polêmicas.

Nesse caso, gostaria de chamar a atenção para o cancelamento do filme em países como a Arábia Saudita e o Kuwait. Pois é! O filme não chegará aos cinemas desses países por ter um personagem gay… vamos entender melhor essa história?

Eternos e o cancelamento em certos países

Como todos sabem, um dos grandes destaques do filme Eternos é a atenção dada àquilo que as pessoas chamam de representatividade. O grupo de heróis que dá nome ao filme é formado por indivíduos bem diferentes, que possuem seus próprios conjuntos de valores e representam diversas facetas da sociedade humana.

Nesse grupo, Phastos é um herói gay com uma trama bem interessante, mas que acabou impossibilitando a estreia do filme em países como a Arábia Saudita e o Kuwait. Geralmente, as produtoras editam os filmes para se adequar às demandas dos países, mas nesse caso, isso não foi feito.

Segundo as informações, a Disney não realizou as edições exigidas pela censura desses países, mas não se sabe se a empresa não quis realizar as adequações ou simplesmente não conseguiu realizá-las.

Enfim, temos aqui mais uma situação que abre margem para uma série de discussões, no que diz respeito ao tema da representatividade. De qualquer forma, aqui no Brasil, o filme continua em exibição nos cinemas. Portanto, sugiro que não deixe de assistir. Até a próxima…

Compartilhar.