Publicidade

Existe uma personagem pouco conhecida que habita a mente dos amantes de Vampiros muito antes do famoso Conde Drácula, A vampira Carmilla aparaceu pela primeira vez na literatura entre os anos de 1871–1872, na Irlanda e foi a predecessora do icônico morador da Transilvânia.

E embora por muito tempo ela ficou de lado na literatura vampírica  e agora a Dark Horse e a Berger se unem para trazer essa rainha de volta a vida em Carmila: the first vampire.

Para conhecer mais, leia a notícia inteira!

Conheça mais Carmilla: the first vampire

Esqueça Crepúsculo, Nosferatu e ou Drácula, uma das primeiras obras primas foi a Carmilla, que também surge como o pseudônimo de Mircalla Karnstein. Uma das maiores características é a paixão dela pelas suas vítimas, mulheres.

Agora, chegou a hora da rainha dos morto-vivos brilha na Dark Horse e Berger Books. A História em quadrinhos é escrita por Amy Chu e desenhado por Soo Lee.

A trama se passará em 1996, onde a epidemia de HIV/AIDS está em seu auge e a população LGBTQ+ sofre com as associações e com a própria doença. Acontece que, assim como foi com o Coronavírus, foi necessário conhecer mais sobre o vírus para compreender como se dava o contágio. Logo, a desinformação e o preconceito marcam esse período da história.

E é nesse cenário que a história começa: quando várias mulheres LGBTQ+ constantemente aparecem mortas, cabe a uma assistente social investigar o caso que até então parece abandonado.

Sua investigação a leva para uma boate no meio de Manhattan Chinatown chamada.

O mais interessante é que nessa boate nossa investigadora se depara com uma história de terror que coloca em cheque suas questões pessoais, sobre sua própria identidade de gênero e traumas do passado.

De acordo com as próprias palavras da escritora:

“Todo mundo está familiarizado com Drácula, mas poucos sabem que foi inspirado na vampira Carmilla que se apaixonou por muitas mulheres jovens que se tornaram suas vítimas… identidade, gentrificação, homofobia e racismo. É definitivamente o enredo mais sombrio e maduro que já escrevi!”.

So Lee ainda acrescentou:

“Gótico, horror e vampiros compõem o cenário clássico da Nova York dos anos 90… …Usando o ambiente colorido da cidade e referências culturais, Amy e eu trouxemos de volta à vida uma velha NYC que conheço e amo nesta releitura de Carmilla”.

Essa parceria parece render muitos frutos, além de trazer pautas importantes para o cenário mundial atual.

Essa obra prima estreia dia 11 de janeiro de 2023 nas lojas de quadrinhos e nas livrarias em 24 de janeiro de 2023, nos Estados Unidos. Ela também está em pré-venda agora mesmo pelo site da Barnes & Noble e pelo site da Amazon.

Vale lembrar ainda que não há de lançamento em solo nacional e que as edições estarão disponíveis exclusivamente em inglês.

Compartilhar.