Nasa
Astronomia

Nasa descobre 3 novos planetas

Por

A Nasa anunciou a descoberta de 3 novos planetas fora do nosso Sistema Solar. Através do Satélite Tess (caçador de planetas) que foi lançado em abril de 2018.

Os três novos planetas são menores dos que já encontrados fora do Sistema Solar. E mostram ser parecidos com o nosso sistema.

A Nasa chama esses planetas de “Exoplanetas” pois eles orbitam em outras estrelas e não no nosso Sol. Eles orbitam na estrela que a Nasa denominou como “TOI-270” está a 73 anos-luz de distância.

A estrela TOI-270 é bem pequena quando comparado ao nosso Sol e fria.

“Esta estrela é calma e muito próxima de nós e, portanto, muito mais brilhante do que as estrelas hospedeiras de sistemas comparáveis. Com observações de acompanhamento prolongadas. Em breve poderemos determinar a composição desses mundos, estabelecer se as atmosferas estão presentes e quais gases elas contêm e muito mais ”. Disse o pesquisador Maximilian Günther.

Planeta TOI 270 B

O planeta TOI 270 B que está mais próximo da sua estrela. É provavelmente um mundo rochoso cerca de 25% maior que a Terra.

Ele orbita a estrela a cada 3,4 dias. A uma distância cerca de 13 vezes mais próxima do que Mercúrio orbita o sol. 

Estima-se que o TOI 270 b tenha uma massa cerca de 1,9 vezes maior que a da Terra.

Devido a sua proximidade com a estrela TOI-270 é relativamente quente. Cerca de (254 graus Celsius).

Planetas TOI 270 C e TOI 270 D

Já os planetas TOI 270 C e TOI 270 D é  2,4 e 2,1 vezes maiores que a Terra. E orbitam a estrela a cada 5,7 e 11,4 dias.

Os dois planetas também são semelhantes ao planeta Netuno do nosso Sistema Solar. São compostos por gases invés de rochosos.

E provavelmente pesam cerca de 7 e 5 vezes a massa da Terra.

Espera-se também que eles estejam presos a estrelas TOI 270. O que significa que eles só giram uma vez a cada órbita.

E mantêm o mesmo lado voltado para a estrela em todos os momentos. Assim como a Lua em sua órbita ao redor da Terra.

“Um aspecto interessante deste sistema é que seus planetas se estendem por uma lacuna bem estabelecida em tamanhos planetários conhecidos. É incomum que os planetas tenham tamanhos entre 1,5 e duas vezes os da Terra. Por razões provavelmente relacionadas ao modo como os planetas se formam, mas este ainda é um tópico altamente controverso. O TOI 270 é um excelente laboratório para estudar as margens dessa lacuna. E nos ajudará a entender melhor como os sistemas planetários se formam e evoluem ” , disse o co-autor Fran Pozuelos.

A equipe de Günther da Nasa vai estudar mais sobre os novos planetas

A equipe tem grandes interesses em continuar os estudos em relação a descoberta dos novos planetas.

Visto que provavelmente a temperatura de equilíbrio do planeta seja de cerca de 150 graus Fahrenheit (66 graus C). 

Isso torna o mundo mais temperado do sistema – e, como tal, uma raridade entre os planetas em trânsito conhecidos.

“O TOI 270 está perfeitamente situado no céu para estudar as atmosferas de seus planetas exteriores. Com o futuro Telescópio Espacial James Webb da NASA. Ele será observável pela Webb por mais de meio ano. O que poderia permitir estudos de comparação realmente interessantes. Entre as atmosferas da TOI 270 c e d.”, disse a coautora Adina Feinstein.

A missão Tess da Nasa é , Massachusetts, e gerenciada pelo Goddard Space Flight Center da NASA

Mais de uma dúzia de universidades, institutos de pesquisa e observatórios em todo o mundo. São participantes da missão liderada e operada pelo MIT em Cambridge.

Você também poderá gostar

Faça um Comentário

Seu e-mail não será divulgado.